No último sábado fomos convidados a assistir ao filme “O Poder da Comunidade – Como Cuba Sobreviveu ao Pico do Petróleo”. Na apresentação inicial foi lido um texto do livro “Utopia” de Thomas More que falava das cidades dos Utopianos, de como as suas casas possuíam quintais espaçosos onde se cultivava vinha, árvores de fruto, plantas e flores.

Após o visionamento do filme houve uma animada troca de impressões. Refletiu-se sobre a experiência cubana de adaptação à falta de combustíveis fósseis, se as mudanças resistirão a uma abertura do regime ao exterior; se os processos de transição ocorrem por tomada de consciência individual ou se respondem a uma obrigação imposta pelas necessidades; qual o papel da educação e sobre quem educa quem. Uma delícia ver um grupo de pessoas, tão heterogéneo, a pensar caminhos, de forma tão livre e aberta.

Anúncios