You are currently browsing the category archive for the ‘Parcerias’ category.

Com João Jorge, 4.ª edição na Madeira
O curso vai realizar-se em três fins de semana.
Para efectuar a inscrição preencha p.f. o formulário: http://goo.gl/UmQZxt
Informações: 965 342 079 / permaculturamadeira@gmail.com

1891485_10202683157576201_447488911_o

Evento no Facebook: 
https://www.facebook.com/events/427648924004615/?ref_newsfeed_story_type=regular
Anúncios

O DRAGON DREAMING é uma ferramenta que tem como objetivo transformar sonhos em realidade, através de uma concretização bem sucedida e sustentável, que nos leva por caminhos de ligação entre o pragmático e o lúdico, o sonho e a reunião de recursos, o fazer e o celebrar.

É uma metodologia que valoriza e capacita todas as vozes envolvidas em cada fase de um projecto – envolvendo os seus próprios sonhos, energia e desejo de crescimento.
Apela à consciência de que o Todo é maior que a soma das partes, desafiando-nos a reconhecer e louvar a expressão da sabedoria colectiva.

É uma aprendizagem ativa em encontrarmos modos efetivos de dar corpo ao nosso discurso (‘walk the talk’), e construirmos a mudança que queremos ver no mundo.

1614374_10201901035861398_1422588255_o

Evento organizado na base na economia da solidária (o valor do curso varia em função do número de participantes):
15 participantes: 54 €
20 participantes: 40 €
24 participantes: 34 €

Participantes: mínimo 15/ máximo 24
Inscrições: permaculturamadeira@gmail.com
Contacto: 965342079

Evento no Facebook:

https://www.facebook.com/events/207344172804975/?source=1

A iniciativa Madeira em Transição vai associar-se ao Clean Up The World, no próximo dia 21 de setembro.

O Clean Up the World é uma campanha global que inspira e capacita as comunidades a limpar, consertar e conservar o meio ambiente.

Realizada em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Ambiente (UNEP), o Clean Up the World envolve anualmente cerca de 35 milhões de voluntários em 130 países, tornando-se numa das maiores campanhas ambientais de base comunitária no mundo. Inspira e capacita grupos comunitários, escolas, empresas e governos locais a participar como membros e a realizar atividades que tratam de questões ambientais locais.

CUW_MemberEN_col_wide

Propomo-nos neste dia juntar voluntários para limpar uma das praias do Caniçal e a Mata da Prainha. 

Dirigimo-nos assim à população local para nos ajudar nesta missão.

Iremos proceder à recolha de lixo nestes dois locais:

Atividade: Clean Up The World : Caniçal – Madeira Island

Data: Sábado, 21 de setembro

Hora: 10H

Local: Caniçal

Ponto de Encontro: Estacionamento da Prainha, no Caniçal

Mat. Necessário: Luvas grossas, pinças, baldes,sacos para transportar o lixo.

Inf. Adicional: Lembramos calçado resistente, roupa confortável e chapéu. Água e almoço para partilhar. Máquina fotográfica. Fato de banho para mergulhos no final dos trabalhos. 🙂

“Clean Up the World traz o foco diretamente sobre nós – como pessoas, como agentes de mudança para todos os membros do Clean Up the World, eu tenho uma mensagem simples: Obrigado Suas ações realmente fazer a diferença.”. Ao assumir a responsabilidade pela sua área local, os voluntários estarão a desempenhar um papel vital no esforço mundial para proteger e preservar o nosso planeta. Desde já, cada voluntário está de parabéns por tomar a responsabilidade pelo seu lugar na terra.

Achim Steiner, Diretor Executivo Diretor do Programa das Nações Unidas para o Ambiente.

CUW11_Poster_ALL

Mais informações: madeiraemtransicao@gmail.com

http://activities.cleanuptheworld.org/?7596

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/627213087324119/

3ª edição na Madeira do Curso de Introdução à Permacultura com o João Jorge.

Venha ver como é possível construir comunidades com base na abundância.

886016_10200450669845403_987540646_o

https://www.facebook.com/events/223919051086765/

Mãos-na-obra tem sido uma experiência fantástica para umas 20 pessoas, até agora! Neste novo ano, ainda não entrámos em ação! Contamos fazê-lo no próximo Sábado, dia 2, das 14h30 às 18h, em Santo António!

Esta será a 8ª intervenção. Iremos a Santo António (Estrada Comandante Camacho de Freitas) ao terreno do Sancho e dos pais (Lígia e Jorge). Esta família quer desenvolver um projeto de agricultura (dentro da dinâmica da permacultura: bosque alimentar) e recuperar a casa antiga. O filho vive entre Continente e Madeira e os pais estão cá. Para poderem começar a desenvolver o projeto com meios próprios, este casal amigo agradece alguma ajuda para tornar utilizáveis 2 compartimentos da casa e criar uma solução de casa de banho ecológica. Assim, poderão permanecer por períodos mais longos no terreno. 🙂 Vamos ajudá-los?

Mad Vol 8 _ MV

Detalhes desta intervenção e preparativos:

  • Trabalhos a fazer: remoção de entulho de dois quartos e construção de casa-de-banho seca.
  • Equipamento necessário (se tiveres! Senão traz as mãos e boa vontade!) pás, enxadas, foices, podoas; balde grande e resistente para transportar entulho.
  • Vestuário recomendado: roupa velha, calça comprida e T-shirt manga comprida; sapatos resistentes e LUVAS GROSSAS, chapéu.
  • Para consumir: água e farnel (podemos levar coisas para partilhar, mas não fiquem a contar com isso e levem o que necessitam).

Ponto de encontro: quem conhece e não precisa de boleia vai lá ter diretamente às 15h, quem precisa de boleia vai ter ao parque de estacionamento ao pé do Tecnopolo (barraca dos cachorros 🙂 ) às 14h30 e se não conhecer ninguém que vá peça ajuda aos organizadores para os contactos disponibilizados.

Mais informações e contactos:

Escola de Yoga do Funchal – Ana Isabel Freitas (963150414), Tina Nunes (964705605) – escolayogafunchal@gmail.com

http://madeiravoluntaria.wordpress.com/

Na sequência dos trabalhos de recuperação do Vale da Travessa do Ribeiro Francês em que pouco-a-pouco o vale começa a ganhar o verde e a vida de outros tempos, devido ao auxílio de voluntários (Projecto ‘Madeira Voluntária’) e entre-ajuda dos locais, surgiu a ideia de realizar um viveiro de árvores de fruta e plantas aromáticas comunitário, em terrenos inventariados no banco de terras do Grupo de Transição na Madeira.

(Vale da Travessa do Ribeiro Francês um mês após os incêndios – zona verde/acastanhada: onde têm incidido as maiores acções de voluntários e moradores)

Este viveiro terá como principal objectivo dar resposta a terrenos afectados pelos incêndios, em que seja necessário a sua reflorestação e/ou famílias que necessitem de plantas aromáticas para a sua horta/jardim.

Desta forma convida-se interessados e curiosos a participar numa visita de estudo ao Viveiro de Árvores de Fruta do Centro de Fruticultura Subtropical, no sítio das Quebradas – São Martinho, no próximo dia 17 de Setembro, pelas 14h00, com uma duração prevista de 2h30.

Pelas 17h/17h30 segue-se uma visita à Quintinha da Esmeralda, também em São Martinho, para uma visita ao jardim fantástico e único de plantas aromáticas  no Funchal (http://agricultando.blogs.sapo.pt/19986.html).

Esperamos que este seja o início de um belo projecto!

No último sábado os voluntários do projecto ‘Madeira Voluntária’ estiveram na Travessa do Ribeiro Francês essencialmente para efectuar a limpeza do Ribeiro (corte de cana-vieira, remoção de lixo…). Pelo meio, aproveitou-se para terminar a espiral de plantas aromáticas de uma casa vizinha, eliminar silvado, cortar árvores… trabalho nesta área não falta!

Apesar dos voluntários do projecto ‘Madeira Voluntária’ seguirem para a Ponta do Pargo, na Travessa do Ribeiro Francês irão continuar alguns membros do Grupo Madeira em Transição, com o objectivo de dar continuidade à recuperação desta área.

Aos poucos e poucos o efeito da limpeza e recuperação está a contagiar a comunidade local: sucedem-se os cortes de árvores ardidas, o cultivo dos terrenos, emprestam-se ferramentas, partilham-se experiências…

Iremos continuar os trabalhos (limpeza dos terrenos, trituração de cana-vieira, etc.) a partir de dia 28 de Agosto,  durante a semana, quem quiser participar é só escrever para: transicaomadeira@gmail.com)

Toda a informação relativamente ao projecto ‘Madeira Voluntária’ pode ser encontrado em: http://madeiravoluntaria.wordpress.com/. As próximas intervenções deste projecto em Agosto serão na Ponta do Pargo (terrenos agrícolas de casa particular) e em Setembro na zona de Gaula –  (casa particular e estufas).

Fica aqui um registo fotográfico de alguns trabalhos efectuados no último dia.

Limpeza da Ribeira

Detalhe ribeira antes da limpeza

Detalhe da ribeira depois da limpeza

Uma das áreas da ribeira após limpeza

Alguma da cana-vieira cortada

A sucata recolhida já tinha um carro à espera! As notícias da limpeza correram velozmente!…

A espiral de plantas no jardim de casa particular parcialmente ardida e palmeiras pequenas ao fundo – tivemos um grande donativo de plantas neste fim-de-semana!

Aos poucos o vale começa a ganhar vida!

(Foto tirada um mês depois dos incêndios)

No próximo sábado está prevista mais uma intervenção em Santa Cruz, na área da Travessa do Ribeiro Francês, saída do Funchal às 14h30 e regresso previsto às 18h30, de modo a efectuar essencialmente o corte de cana-vieira e limpeza de terrenos adjacentes à Ribeira.

Toda a ajuda é preciosa e bem-vinda!

Com os incêndios, a cana-vieira ardida tombou para cima da ribeira sendo necessário proceder ao seu corte e remoção da Ribeira. Para além disso imenso lixo ficou a descoberto e aproveita-se assim para realizar a limpeza da Ribeira/terrenos adjacentes.

Quem tiver consigo, solicitamos que tragam podoas/catanas e/ou foices, para além de luvas e vestuário/calçado adequado.

Para mais informações e inscrições, escrever para: escolayogafunchal@gmail.com.

A Imagem diz tudo… Ginásios para quê?

Nem o sol intenso do último sábado demoveu os voluntários de continuarem a intervenção de recuperação do vale da Travessa do Ribeiro Francês.

Grande parte das tarefas a que nos propusemos no início do mês de Agosto estão a ser concluídas, nomeadamente recuperação de jardins, recolha de lixo, remoção de entulho de casas ardidas,  provimento de roupa de inverno, material de limpeza, plantas para casas afectadas pelos incêndios, electrodomésticos (máquina de lavar roupa) etc.

(Realização de espiral de plantas aromáticas na casa de uma vizinha cuja casa ficou seriamente danificada e perdeu o jardim)

 (Plantas doadas às famílias afectadas pelos incêndios e que foram plantadas no último fim-de-semana).

(Aos poucos, os jardins começam a ganhar vida. Embora tenham perdido muita coisa, as senhoras desta localidade referiam acima de tudo a importância das suas plantas e o verde dos seus jardins).

(Recolheu-se novamente uma grande quantidade de lixo, vidro… Na intervenção do próximo fim-semana espera-se recolher igual ou mais quantidade)

(Finalização da Remoção de Entulho numa das casas afectadas e com o apoio da comunidade local)

Ainda há muita coisa para realizar a nível de recuperação dos solos, combate da erosão, retenção de águas, consciencialização da população relativamente ao lixo, espírito comunitário. Sementes de mudança estão a germinar… é ver alguns vizinhos a recolherem lixo/sucata, a terem cuidado onde colocar o entulho removido, a emprestarem os seus utensílios (moto-serra, enchadas, bales, etc.) uns aos outros…

No próximo fim-de-semana está prevista a última intervenção neste vale com os voluntários do projecto ‘Madeira Voluntária’. Pretende-se limpar grande parte das canas-vieiras que caíram dentro da ribeira e lixo que ficou a descoberto após os incêndios e que com as primeiras chuvas poderão trazer sérios problemas à comunidade local.

Após esta intervenção o projecto ‘Madeira Voluntária’  segue para outros ‘vizinhos’ no Palheiro Ferreiro e Ponta do Pargo que necessitam igualmente de auxílio. No entanto, as sementes estão lançadas. Na travessa do Ribeiro Francês continuam elementos do Grupo Madeira em Transição que com a comunidade local continuam o trabalho de recuperação dos solos e consciencialização da comunidade local, durante os próximos meses. 

Aos poucos e poucos o Vale da Travessa do Ribeiro Francês está a renascer. O cinzento está a dar cor ao verde. O Vale está a ganhar Vida!

Jardim afectado pelos incêndios antes da recuperação

Recuperação e aplicação de Feiteira no Jardim

Pormenor do Jardim após a intervenção (repare-se no contraste do verde com o cinzento do resto do vale – ao fundo.)